Lesões e doenças dos dedos dos pés: saiba como tratá-las!

Os dedos muitas vezes são esquecidos e prestamos atenção neles apenas quando sentimos alguma dor ou incômodo. No entanto, muitas vezes dores nos pés, principalmente próximo aos dedos ou nos próprios pode ser sinal de lesão ou alguma doença.
Muitos desses problemas até comuns nos dedos dos pés podem ser evitados com alguns cuidados e comportamentos simples em nossa rotina. Apesar da maioria dos problemas envolvendo os dedos dos pés não serem graves, causa incômodo.

Por isso, hoje iremos te falar mais a respeito das principais lesões, como prevenir e como tratá-las de forma simples e eficaz. Confira!

Os dedos dos pés e seus problemas mais comuns

Joanete

Relativamente comum, a joanete faz com que muitas pessoas sofram com o problema.
O joanete é uma deformidade óssea na base do dedão dos pés, proporcionando o aumento da circulação, fazendo com que ela se projete para fora. Há indícios que o joanete ocorre devido ao uso inadequado de sapatos com freqüência. A pele pode ficar sensível e avermelhada sobre o joanete. Além de causar incômodo e dor.

Para evitar e tratar esse problema é preciso evitar o uso de sapatos fechados e de salto com muita freqüência. Além disso, há medicamentos e tratamentos naturais feitos à base de ervas e outros diversos ingredientes naturais. Em casos de situações mais graves, é necessário realizar a cirurgia. Sendo assim, é importante procurar um especialista para analisar cada caso e ver qual o melhor tratamento e solução.

Unhas encravadas

Quem nunca teve uma unha encravada?

A unha encravada é muito comum e pode acontecer com qualquer um. O problema se trata de uma unha que cresceu dentro da carne e traz inchaço, desconforto, dor, vermelhidão e pode resultar em infecção, caso não seja tratada corretamente.

É muito comum ocasionar por cortar demais as unhas, usar sapatos apertados ou quando machucamos de alguma maneira. Todas as unhas podem encravar, mas o dedão costuma ser o mais afetado. Algumas pessoas têm mais tendência a sofrer com esse problema.
A melhor maneira de tratar é deixando-as limpas, submersas em água quente e com um pequeno algodão sob a unha, para que ajude a levantá-la da pele.

Para prevenir, a melhor maneira é evitar sapatos apertados e cortas as unhas com cuidado, sem cortar demais, tirando os cantos pontudos para que evite entrar na pele.

Calos e dor nos pés

Passamos os dias andando sob diversas situações, sol, chuva, com sapatos confortáveis ou apertados, com ou sem salto e todo esse esforço reflete em nossos pés e dedos.

Dias como esses e que são freqüentes, podem resultar em dores e calos, que surgem devido ao uso de sapatos inapropriados, falta de esfoliação e ausência de hidratação nos pés.
Para evitar esses transtornos recomenda-se realizar esfoliações e hidratações com produtos naturais nos pés com freqüência, massageando.
A pedra pomes e os óleos essenciais são bastante eficazes para reduzir os calos. Faça banhos de água quente com ervas de sua preferência diariamente, principalmente em dias de maior cansaço.

Leave a Reply