Doença de Crohn: dieta adequada no dia a dia

A doença de Crohn é uma doença inflamatória intestinal crônica!
Saiba mais sobre ela!

 

A doença de Crohn é uma doença inflamatória intestinal crônica, ou seja, ela inflama o aparelho digestivo e essa inflamação pode ocorrer em diferentes partes do sistema digestivo de cada indivíduo.

è uma condição que leva a muitas dores e deixa a pessoa debilitada e se não or tratada o quanto antes e de maneira correta pode levar a risco de vida.

Ainda não há uma cura específica e garantida, porém o tratamento ajuda a reduzir os sintomas da doença e dependendo do caso se descoberto logo no início pode causar remissão da mesma, permitindo que o indivíduo volte a ter uma vida normal.

Sintomas da doença de Crohn

A doença de Crohn apresenta sintomas dolorosos e incômodos como:

• Diarreia severa;
• Perda de peso;
• Dor abdominal;
• Deficiência de nutrientes;
• Má nutrição.

Ao notar qualquer um desses sintomas é importante consultar um médico o quanto antes.

Opções de tratamento para a Doença de Crohn

Há diferentes tipos de tratamento para essa doença podendo ser através de medicamentos, procedimento cirúrgico, suplementos nutricionais e até mesmo a combinação das três opções. O tratamento é relativo, dependerá de cada caso.

Adquirir uma alimentação específica pode ajudar a reduzir e controlar os sintomas.

Hoje vamos falar da dieta ideal para complementar o tratamento da doença e permitir que tenha uma rotina menos incômoda.

Dieta adequada para a doença de Crohn

A nossa alimentação é uma grande contribuinte para nos ajudar a prevenir ou resolver alguns problemas de saúde. Com a doença de Crohn não é diferente, pois muitos alimentos e bebidas que consumimos normalmente, pode agravar ainda mais os sintomas, permitindo que a doença avance para um estágio pior.

Recomenda-se que os pacientes percebam e anotem como se sentiram após a ingestão de cada um dos alimentos, pois alguns podem piorar os sintomas.

Quem tem a doença de Crohn deve prestar atenção contínua em seus hábitos.

Veja abaixo algumas recomendações que devem ser seguidas.

Consumo de laticínios: Limitado

Grande parte das pessoas com a doença de Crohn percebem melhora dos sistomas quando eliminam ou reduem o consumo dos derivados do leite. Diminuindo as dores, gases e diarreia.

Ingestão de fibras: Limitado

Apesar das fibras possuírem propriedades benéficas à nossa saúde, ela podem ser sérios agravantes para os sintomas da doença de Crohn.

É importante reduzir o consumo de alimentos ricos em fibraas e consumir os vegetais feitos no vapor, ensopados ou cozidos, pois crus eles possuem alto teor de fibras e podem agravar o s sintomas.

Consuma alimentos pobres em gordura

Por se tratar de uma inflamação no aparelho digestivo, a absorção de gordura passa ser dificultada, fazendo com que esses nutrientes sejam encaminhados diretamente para ointestino, aumentando as chances de diarreia. Sendo assim, evite alimentos como molhos cremosos, frituras, carnes, manteiga e margarina.

Evite o cigarro, cafeína e álcool

O hábito de fumar aumento as chances de desenvolver a doença de Crohn e para quem já sofre com ela, saiba que esse hábito potencializa os sintomas.

O consumo de cafeína e bebidas alcoólicas causa irritação ao intestino que pode intensificar os sintomas. Bebidas com gás também precisam ser evitadas, elimine refrigerante e demais bebidas, elas também aumentam os sintomas da doença de Crohn.

Demais recomendações

A doença de Crohn realmente é muito incômoda e quem sofre com o problema precisa adquirir novos hábitos não apenas na alimentação, mas também em sua rotina. Confira algumas outras recomendações importantes para te ajudar a reduzir os sintomas.

Realize refeições menores

Procure fazer diversas refeições ao longo do dia, porém em quantidades bem reduzidas. Será melhor para o seu processo digestivo que está danificado.

Beba muita água

Todos nós devemos consumir no mínimo 2 litros de água por dia. Quem sofre com a doença deve manter o corpo sempre hidratado tomando muita água, porém não consuma muito de uma vez, divida em diversas e pequenas porções ao longo do dia.

Recomenda-se um copo de água a cada 1 à 2 horas, bebendo devagar.

Utilize suplementos

Por dificultar a absorção de nutrientes necessários para o nosso organismo, é preciso repô-los de alguma forma e os suplementos são uma ótima forma. No entanto, não decida sozinho, converse com seu médico e saiba qual é o mais indicado.

Reduza seu estresse

O estresse é um grande agravante para a doença e pode influenciar muito nos sintomas da doença de Crohn. Evite ao máximo ficar nervoso e estressado.

Faça exercícios físicos

As atividades físicas ajudam a diminuir o estresse e normalizar as funções do intestino. Pratique!

 

Leave a Reply