Consequências de tomar Redbull ou outras bebidas energéticas

O consumo de bebidas energéticas é cada vez maior. além de se tornar um vício, são muito perigosas para a saúde, principalmente por acelerar o ritmo cardíaco e desencadear outros problemas!

 

As bebidas energéticas vêm se tornando cada vez mais populares e consumidas. No entanto, a ciência vem investigando os possíveis riscos que ela apresenta a nossa saúde.

O Redbull, provavelmente é o mais famoso no mundo inteiro e seu slogan ” Redbull te dá asas” fez com que milhares de pessoas passassem a consumir a bebida independente de realizar ou não atividades físicas ou mentais como estudos, trabalhos, esportes e etc.

A bebida é realmente favorável para quem precisa prolongar suas energias. No entanto, pesquisas e estudos comprovaram que em apenas uma lata ingerida, diversas alterações ocorrem em nosso corpo, podendo resultar em graves problemas de saúde.

O consumo diário de bebidas energéticas contribui para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e do coração.

Vale lembrar que as doenças cardiovasculares estão entre as que mais matam nos últimos anos, perdendo para o câncer.

Por que as bebidas energéticas são prejudiciais à saúde?

As bebidas energéticas possuem altas doses de cafeína, carboidratos derivados da glicose, aminoáricos como a taurina, vitaminas e extratos de plamtas medicionais como o guaraná e o ginseng.

Em apenas uma lata da bebida energética é possível encontrar quantidades altamente elevadas de cafeína, equivalentes a em média quatro xícaras de café tradicional, mais duas xícaras de café espresso, quatro latas de coca cola e seis xícaras de chá, cerca de 300 mg. Muita coisa não acha?

Uma pessoas com uma rotina saudável e sem nenhum problema de saúde pode consumir de 100 a 300 ml por dia de cafeína. Acima disso os riscos de problemas à saúde são certeiros. Outro grande problema é que o consumo de bebidas energéticas estão constantemente acompanhados do álcool.

O consumo de bebidas energéticas e álcool ou até mesmo o consumo exagerado de bebidas energéticas, resulta em:

  • Taquicardia;
  • Nervosismo;
  • Falta de coordenação motora;
  • Insônia;
  • Palpitações e aumento da pressão arterial.

Além disso, o problema pode ser ainda maior quando ocorre a combinação de cafeína e demais substâncias que também são altamente perigosas como o aspartame, um composto que atua como fetal, hipoalergênico, cancerígeno, metabólico e neurótico.

Ele também causa dependência, elevando o indivíduo ao vício, fazendo com que o consumo seja ainda maior.

Alguns países proibiram a venda de Redbull e outras bebidas energéticas

Pesquisas indicam que no último ano mais de 3,5 milhões de latas de Redbull foram consumidas em diversos países.

Devido suas altas chances de prejudicar a saúde a venda de bebidas energéticas, como Redbull foi proibida em alguns países como a Noruega, Uruguai e Dinamarca.

Em países como o Kuwait bebidas energéticas são proibidas à menores de 16 anos, após dois membros da seleção de squash morrem devido a um ataque cardíaco originado pelo consumo dessas bebidas.

Quais são os principais perigos das bebidas energéticas?

As bebidas energéticas devem ser consumidas de vez em quando e com bastante moderação, pois lembre que em apenas uma lata há 300 mg, que é o recomendado para se consumir ao longo de um dia inteiro.

No entanto, seu consumo se torna bastante perigoso quando consumida sem moderação ou combinada com álcool.

Ainda estão realizando pesquisas para comprovar ainda melhor o assunto, mas no momento há advertências que seus consumidores devem seguir em relações aos seus efeitos:

  • Não consuma após exercícios intensos, pois por acelerar o ritmo cardíaco pode causar infarto fulminante.
  • Por possuir efeitos diuréticos, aumenta os riscos de desidratação. Portanto, não deixei de ingerir muita água se consumir bebidas energéticas.
  • Por possuir alto teor de substâncias que diluem o sangue, o excesso do consumo pode causar hemorragia cerebral.
  • A mistura de bebidas energéticos e álcool pode ser fatal, atacando o fígado de forma irreversível.
  • Seu consumo diário pode desenvolver doenças neuronais irreversíveis e doenças nervosas.
  • Indivíduos que sofrem com problemas cardiovasculares, grávidas quem tem a síndrome da fadiga crônica, sensibilidade à cafeína e transtorno de coagulação do sangue não deve consumi-las.

As bebidas energéticas podem causar graves problemas e aumentam os riscos de desenvolver doenças. Não consuma e tenha uma vida mais saudável, sem riscos!

Leave a Reply