Aprenda a escutar o seu corpo

Muitas vezes sentimos e dores e outros alertas do nosso corpo e pensamos que não deve ser nada demais e ignoramos. Mas, você já parou para pensar que esses são alerta que nosso corpo nos dá?
Quantas vezes sentimos diferentes sintomas, como incômodos emocionais e físicos e não damos a devida atenção que nosso organismo merece? Precisamos ficar mais atentos a todos os sinais e termos em mente que nosso corpo é muito mais inteligente do que pensamos e aprendermos a escutá-lo para termos uma vida mais saudável, livre de riscos e problemas.

Nosso corpo é uma máquina complexa, repleta de funções, sinais e muito perfeita. Nossa máquina humana diariamente nos mostra sinais para que solucionemos o que está de errado, permitindo que voltemos a caminhar de uma forma saudável. Por isso, hoje vamos falar da importância de escutarmos nosso corpo. Confira!

O nosso corpo e as condições físicas

Devemos escutar nosso corpo, desde os hábitos básicos, como: Quando sentimos sede, devemos beber água, se sentirmos fome, devemos comer algo sempre optando pela opção mais saudável, se tivermos vontade de ir ao banheiro, devemos ir o quanto antes; e assim por diante. Pode parecer óbvio, mas muitas vezes não fazemos o que é necessário de imediato e deixamos nosso corpo para depois ou até quando agüentarmos, para responder seus sinais.

Por ser sinais inevitáveis, respeitamos mesmo que não resolvemos de imediato. No entanto, nosso corpo nos envia outros tipos de sinais que podem ser alertas de algo mais grave e ignoramos.

O cansaço é um dos sinais que mais ignoramos por nós seres humanos. Nossa rotina estressante, repleta de regras a serem cumpridas acabam passando a frente das necessidades e sinais do nosso corpo e descansar acaba sendo um dos fatores que mais são ignorados. Porém, é imprescindível arrumarmos tempo para repor as energias e incluirmos o descanso em nossa rotina por mais difícil que seja.

O cansaço é uma causa que resulta em outros diversos problemas, podendo aumentar os níveis de estresse que resulta em mal funcionamento do organismo, desencadeando diversos problemas, inclusive os níveis de imunidade. Com os baixos níveis de imunidade, ficamos vulneráveis a diversas doenças.

Outro sinal bastante ignorado são as dores musculares que surgem constantemente. A grande maioria das pessoas possuem uma vida sedentária. No entanto, muitas que realizam exercícios, são irregulares e executam de forma errada, fazendo esforços, sem ter o devido preparo e ignorante sinais que o corpo não agüenta mais. O risco de lesões em casos como esse é muito freqüente e precisa ser evitado, pois certas lesões podem não ser apenas um mal jeito muscular e sim problemas mais sérios, afetando ossos, tendões e outros locais que trazem muita dor e mais dificuldade na recuperação.

Outros tipos de incômodos que devem ter sua devida atenção são as dores de cabeça, prisão de ventre, inchaço abdominal, dores nas articulações, gases e outros diversos sintomas. Esses são sintomas que realizamos a prática da automedicação e está totalmente errado, pois iremos resolver o problema por certo tempo, mas há uma causa para isso estar acontecendo. É fundamental procurar um médico para realizar exames e saber o porquê do sinal e como devemos realmente tratá-lo.

Nosso corpo e o emocional

Muitas vezes não associamos que nossa saúde emocional está interligada com a nossa saúde física. Quando estamos nervosos, tristes ou estressados, esses sentimentos refletem em dores pelo nosso corpo, como dor de cabeça, nos músculos, etc. Isso acontece por reprimirmos nossas emoções e sentimentos, remoendo por muito tempo.

Reprimir as emoções e ficarmos focados em sensações negativas é a pior coisa que podemos fazer,pois traz malefícios tanto para nossa saúde física, quanto emocional. Não repreenda, se tiver vontade de chorar, chore. Se tiver vontade de gritar, grite. Se alguém falou algo que não gostou, fale. Liberar a tristeza acalma e faz com que solucione algo que está te machucando por dentro, que irá machucar seus órgãos e saúde também. Extravase o que lhe incomoda não que seja através de um hobby, atividade física, o que eu for mais confortável para você. Pessoas estressadas, com raiva constante podem optar pelas aulas de boxe que é uma excelente pedida para esses casos.

As aulas de yoga e meditação ajudam a manter o equilíbrio emocional, traz um momento de paz e auto-reflexão e acalma. Optar por escrever um diário é outra forma de solucionar seus problemas emocionais.

Escute seu corpo e alivie suas emoções sempre que estiver com algo ruim preso em você. Assim, estará contribuindo para sua saúde física e mental.

 

Leave a Reply