5 formas de prevenir a demência

São diversos fatores que podem nos ajudar a manter uma vida mental saudável, prevenindo a deterioração intelectual, principalmente a alimentação.

Atualmente sabemos que há diferentes tipos de demência, mas a mais conhecida e comum entre elas é a doença de Alzheimer. Essa doença independente do tipo se trata da perda da capacidade mental e intelectual, resultando na perda memória, raciocínio e orientação.

Claro que não podemos nos prevenir 100% e estarmos livres dos riscos de desenvolver esse mal, já que a doença é causada por uma série de fatores nos quais nem sempre temos conhecimento e controle.

Entretanto, após diversos estudos e pesquisas foi comprovado que algumas atitudes e comportamentos podem ajudar a reduzir os riscos de desenvolver qualquer tipo de demência, inclusive o Alzheimer.

Hoje falaremos sobre essas doenças e as cinco melhores formas de se prevenir desse problema. Confira!

Chaves para prevenir a demência

Veja quais são as chaves para ajudar na prevenção contra a demência.

1. Alimentação Saudável

A alimentação está interligada com tudo que diz respeito à saúde, principalmente quando queremos nos prevenir de problemas futuros. Todo alimento possui propriedades que são favoráveis à nossa saúde e para prevenir doenças cerebrais não poderia ser diferente.

A alimentação equilibrada e saudável é uma forte aliada para proteger nossos neurônios, prevenindo contra a demência. Procure priorizar e manter alimentos que possuem propriedades anti-inflamatórias, favorecem na produção de energia e trazem benefícios a saúde do cérebro.

A dieta mediterrânea é ideal para diminuir os riscos de perda cognitiva, prevenindo contra a demência. Essa dieta se baseia no consumo de leguminosas, grãos, vegetais, gorduras saudáveis, azeite de oliva e principalmente o peixe que é rico em vitaminas favoráveis ao cérebro. Não se deve consumir carnes e lacticínios em excesso, seu consumo deve ser limitado.

Apostar em peixes como a sardinha, atum, truta, salmão e cavalinha é uma ótima dica, pois são ricos em ácidos graxos ômega3.

Evite ao máximo gordura saturada e trans, farinhas refinadas e doces.

2. Faça atividades físicas regularmente

A prática de atividades físicas é outra forma para manter uma vida saudável, prevenindo contra diversas doenças, inclusive à demência. Além de prevenir, realizar atividades físicas ajuda a reduzir o avanço das doenças em quem já está com problema cognitivos.

Não é necessário ser um atleta, mas o sedentarismo deve passar longe de sua rotina, deixando de existir e dando espaço a no mínimo meia hora de exercícios diários com pouca intensidade.

Aeróbico, caminhada, natação, bicicleta, ou qualquer outro tipo de atividade. Todas favorecem o sistema cardiovascular, trazendo benefícios para a saúde cerebral.

Uma dica é realizar também exercícios que trabalhem a coordenação motora, força e equilíbrio, principalmente quem possui idade mais avançada.

3. Tenha uma vida social ativa

Com o passar dos anos é muito comum nos tornarmos mais solitários e reduzir nossa vida social. No entanto, a ausência da vida social pode favorecer a demência.

Não estamos falando para ter milhões de amigos. A qualidade na amizade é fundamental e a quantidade é sempre indispensável. No entanto, tenha algumas poucas pessoas que realmente te fazem bem, jogue conversa fora, visite um museu ou um shopping, não importa. A questão é que o mínimo de vida social contribui para prevenir a demência.

4. Estímulo mental

Aprender e sempre estar conhecendo algo novo é uma forma de manter seu cérebro ativo e mais forte contra doenças degenerativas cerebrais, como o Alzheimer e demais demências.

Seja sempre ativo, realizando atividades que gosta e que estimulem o seu cérebro. Aprender um novo idioma, ler livros, pintar, escrever, jogos de estratégia, quebra cabeças ou aprender a tocar um instrumento musical, são boas formas de estimular e fortalecer o seu cérebro e mantê-lo sempre em bom funcionamento, prevenindo-o contra demências.

5. Controle e diminua o estresse

O estresse é um mal muito comum em nossos dias, porém ele pode ser prejudicial ao nosso cérebro, aumento as chances de desenvolver demência.

É muito importante aprendermos a controlar nosso estresse e não deixar que ele afete nossa vida. Praticar exercícios de relaxamento e respiração, junto à meditação e ioga são boas opções para ajudar a controlar o estresse.

Outras recomendações para prevenir a demência

Além dos fatores citados ao longo do artigo, é fundamental não fumar, manter um peso sempre saudável, dormir bem e ter qualidade de sono,beber raramente e sempre com moderação, controlar a pressão arterial e o colesterol.

Apesar de não estarmos totalmente imunes a demências e demais doenças, é fundamental realizarmos todas essas dicas, para prevenir e conseguirmos lutar constantemente contra esses problemas.

Leave a Reply